terça-feira, 15 de setembro de 2009

Ruínas de fé


"Arqueja triste nos braços frios da noite.
Ainda quando os anjos e demônios
a espiam por frestas ocultíssimas,
ouço o farfalhar demente das tuas asas.
Ergue-se o vôo sem razão."

Rocque Moraes


Artista visual e poeta bissexto, Rocque ama rock.
Eu amo rock e Rocque, embora ele não mereça.