quinta-feira, 22 de julho de 2010

A poesia de Jacinta Passos

Jacinta Passos: coração militante, livro que será lançado no dia 27 de julho na Casa da Cultura Galeno d'Avelírio, em Cruz das Almas e organizado pela historiadora Janaina Amado.
Eu sou planta sem raiz
que o vento arrancou do chão,
já não quero o que já quis,
livre, livre o coração,
vou partir para outras terras,
nada mais eu quero ter,
só o gosto de viver.

Nada eu tenho neste mundo,
sozinha!
Eu só tenho a vida minha.

Jacinta Passos
Trecho do poema Canção da Liberdade
In: Canção da Partida, 1942-1944

Um comentário:

Rita Santana disse...

Preciso ler esse livro!Dalila Machado deu o primeiro passo e agora é seguir as trilhas difíceis dessa mulher destinada aos ares da liberdade, da poética e da política. Bravo, Jacinta!!!!!

Graça! marquemos o encontro, minha querida! Rita