segunda-feira, 10 de outubro de 2011

cada garça tem um boi só seu
no chão a troca:
alimento por alívio no couro.
cada garça tem um boi só seu
e no céu
cada boi tem um par de asas.

3 comentários:

Anônimo disse...

è seu? ...é lindo!!!!
bjs
Cristieba

graça sena disse...

Sim, é meu. Fiz ontem quando saí de casa e me deparei com a cena. Na minha morada, além da bela paisagem, sempre observo os rebanhos acompanhados de alvas garças que, às vezes, me encaram enfezados quando para para contemplá-las.

Anônimo disse...

Adorei o poema da Garca!…achei belo, ludico e comovente ao mesmo tempo. Abracos, Ana C